Fórum de Educação Infantil de Belo Horizonte


A criação do Fórum de Educação Infantil de Belo Horizonte, como componente do Fórum Mineiro de Educação Infantil (FMEI), foi resultado de decisão tomada em reunião do FMEI, em 08 de novembro de 2019. Nessa reunião, discutiu-se uma nova organização do Fórum Mineiro por meio do fortalecimento da ação dos fóruns regionais constituídos ao longo dos anos 2000 e a instituição de um Colegiado responsável pela articulação das ações, no qual todos esses fóruns estariam representados.

Nessa nova configuração do FMEI, viu-se a necessidade de organização de um fórum de Belo Horizonte no qual teriam centralidade as questões da infância e da Educação Infantil na capital e permitisse uma atuação mais integrada e articulada na cidade. Assim, em 08 de novembro de 2019 foi decidida a criação do Fórum de Educação Infantil de Belo Horizonte, e designadas Ângela Barreto, Vera Otto e Regina Mello para mobilizar os participantes do FMEI que atuam em Belo Horizonte para a instituição do Fórum e para representá-lo no Colegiado do FMEI. Em 18 de dezembro de 2019 foi realizada a primeira reunião do Fórum de Educação Infantil de Belo Horizonte.

Entende-se que Fórum é praça pública.  Ou seja, todos podem participar, pessoas ou instituições. No entanto, referendou-se, na reunião do FMEI, a importância de as diferentes formas de representação terem um compromisso coletivo com as pautas e princípios que norteiam a ação dos Fóruns de Educação Infantil. Esses estão publicizados nos documentos do MIEB e do FMEI. O objetivo do  Fórum de Educação Infantil de BH, assim como do MIEIB e do FMEI, é a defesa do direito à educação de bebês e crianças pequenas como dever de Estado.

Em 2020, conforme decidido na reunião de 08 de novembro de 2019, o FMEI teria como pautas prioritárias: financiamento da educação infantil no FUNDEB; articulação junto aos candidatos e candidatas nas eleições municipais visando o compromisso com a Educação Infantil; e formação de professores. Essas pautas foram seguidas, porém predominou nas discussões e ações dos fóruns o tema da pandemia da Covid-19 e seus impactos na Educação Infantil, especialmente em razão das incertezas e controvérsias que o tema suscitou nas instâncias governamentais e na sociedade em relação aos direitos das crianças, das famílias e dos profissionais de educação.

Em razão do isolamento imposto pela pandemia da COVID-19, o Fórum de BH buscou se organizar por meio de reuniões online e pela criação de um grupo de WhatsApp. Observou-se, então, a necessidade de organização de um Colegiado do Fórum de BH para coordenar os trabalhos, debates e discussões. A constituição deste colegiado provisório, até que o Regimento do Fórum seja discutido e aprovado, levou em conta a participação nas reuniões do FMEI e naquelas em que se instituiu o Fórum BH.

Para 2021, o Fórum de BH tem como metas organizar o Colegiado do Fórum, construir seu regimento interno, publicizar seus princípios, mobilizar diferentes segmentos e pessoas envolvidos na defesa da infância e do atendimento educacional às crianças de 0 a 5 anos em Belo Horizonte a fim de ampliar tanto a participação quanto a incidência das ações do Fórum.

Atualmente, na coordenação do Colegiado estão Ângela Barreto, Mônica Baptista Corrêa e Rosalba Lima, sendo esta responsável pelas ações de comunicação.