Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil

                                                                                           

O Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil (FSMEI), criado pelo Departamento de Educação da Universidade Federal de Lavras em 1999, tem caráter informativo e propositivo e deve garantir o amplo e permanente debate democrático de ideias. O FSMEI é um espaço suprapartidário articulado por diversos órgãos, instituições, entidades e aberto à sociedade civil e ao debate público e democrático comprometido com a expansão e melhoria da Educação Infantil.

O Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil – FSMEI – inspira-se na música de Ivan Lins, ‘Cantoria’, que diz:

‘Somos a arueira, madeira dura de se cortar

Mesmo depois de morta, ela brota

Só pra desafiar

Somos a correnteza

Que começa num gotejar

Mesmo que se represe, ela segue

E vai transbordar o mar.”

E, em um encontro, foi definido como símbolo do movimento, o Catavento que nos reporta às simbologias das palavras:

FORÇA – move moinhos

RESPEITO – demonstra respeito a natureza não destruindo nada ao seu redor

DESAFIO – não para nunca. Se parar, é só darmos um pequeno sopro para se mover

INTERAÇÃO – entre o ser humano e a natureza

IDEIAS – deixa seguir o fluxo natural das coisas

Assim como o nosso coração, o Catavento se move fazendo a vida girar.



O Departamento de Educação da Ufla (DED), lançou em modo virtual o livro sobre a história do FSMEI até 2016. Este livro foi organizado pela professora Ilza com as histórias vividas e vivenciadas na trajetória do Fórum Sul Mineiro contadas por Cláudia Ribeiro, idealizadora e organizadora do Fórum desde 1999.

O livro é uma publicaçãop virtual e se encontra no endereço abaixo; além da história, memória, fotos, textos e artigos que valem a leitura.

Livro: A história do Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil (1999-2016)

Endereço: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29983

 

O Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil - Mieib - está realizando uma ampla divulgação para engajamento nas eleições municipais dos candidatos e candidatas à prefeita e prefeito, bem como vereadoras e vereadores. Para tanto, lançou os cards provocando todas e todos a se comprometerem com a Educação Infantil. Nós, do Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil - FSMEI - estamos nessa luta! Entre nessa luta você também. Divulgue!

        

 

      

 REVISTA ELETRÔNICA CATAVENTO    -     https://www.unifeg.edu.br/revista-catavento/index.html 

Catavento  é uma Revista Eletrônica de divulgação das ações do Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil - FSMEI - cujos parceiros são a Universidade Federal de Lavras (UFLA) e o Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé (UNIFEG/MG). Veicula entrevistas com pesquisadores/as convidados/as pela equipe para dialogar sobre as temáticas que perpassem a discussão proposta na revista. A seção Educação Infantil em Debate objetiva apresentar discussões teóricas acerca das temáticas propostas no escopo da revista. A seção Cotidiano da Educação Infantil publica relatos de experiências de profissionais da Educação Infantil que integram o FSMEI. A seção Artefatos Culturais apresenta sinopses de filmes, resenhas de livros, vídeos, que tratem da temática da Educação Infantil. Também temos a seção Educação Infantil em foco: informes gerais acerca da Educação Infantil no Brasil e no mundo – Notícias, campanhas, indicação de filmes, livros, documentários, entrevistas, entre outros que contribuam para refletir sobre a Educação Infantil e/ou Infâncias. Vocês também podem se encantar com a seção Galeria de Desenhos onde as crianças se expressam.

Capa            Capa

 

Diálogos sobre a Educação Infantil: Entrevista com Rita Coelho

O FMEI composto pelos Fóruns Regionais de Minas Gerais - FEIRAJ; FEIZM; FEI-BH; FMEI e FSMEI - ouviu anseios e dúvidas de professoras e gestoras da E.I. em relação às questões da Educação Infantil em 2020 e para 2021. Decorrente disto, realizamos entrevista com Rita Coelho, pesquisadora do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação - CAED - da Universidade Federal de Juiz de Fora, membro do MIEIB e integrante do Conselho Estadual de Educação. São três vídeos que tratam de temas como matrícula, plano curricular, transição da E.I. para E.F., dentre outros. Nosso objetivo é subsidiar professoras e demais profissionais da Educação com orientações embasadas. Os vídeos podem ser assistidos na sequência ou individualmente. Segue descrição e link:

Bloco I: Documentos e registros na Educação Infantil. Validação de carga horária. Questões relativas à matrícula de crianças de 6 anos no Ensino Fundamental. Diálogos sobre a Educação Infantil 2020-2021 | Bloco I

Assista o primeiro vídeo!

https://www.youtube.com/watch?v=Ll52hpjFLWI

Bloco II: Transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. Relação entre escolas e famílias. Diálogos sobre a Educação Infantil 2020-2021 | Bloco 2

Assista o segundo vídeo!

https://youtu.be/O6E5g9hBdNg

Bloco III: Plano Curricular para 2021. Agrupamento de crianças. Articulação entre Redes Municipais e Estadual.  Diálogos sobre a Educação Infantil 2020-2021 | Bloco 3

Assista o terceiro vídeo!

 https://youtu.be/8b2lz6Y6ZoA 

Divulguem para as professoras, gestoras... para quem vocês puderem. Estamos com um material fantástico em mãos.

Oportunidade de Formação:

As inscrições para este curso de extensão EAD acontecem a partir de 15/02/2021 

 A imagem pode conter: texto que diz "Curso EXTENSÃO de naлapapa NO CRO EAD Espaços, materiais GRA contextos investigativos na Educação Infantil MA លាាល Maio 08/05/2021 encontro sincrono 15/05/2021 atividades assíncronas 22/05/2021 -encontro sincrono 29/05/2021 -atividades assíncronas Prof. Dr. Rodrigo Saballa (FACED/UFRGS) Junho 05/06/2021 encontro sincrono 12/06/2021 atividades assincronas 19/06/2021 -encontro síncrono 26/06/2021 -atividades assincronas UFRGS PROREXT 一 FACED P Julho 03/07/2021 encontro sincrono"

 

 

Seminário Internacional Desenvolvimento Humano na Primeira Infância: Educação Musical e Musicoterapia

O Seminário será realizado nos dias 05 a 11 de abril de 2021, e será inteiramente ON-LINE.

Agora ficará mais fácil para você participar desse evento único, cheio de convidados especiais!

Quem já se inscreveu para o evento que aconteceria em abril de 2020 já tem sua vaga garantida.

Quem ainda não se inscreveu não se preocupe, pois as inscrições serão abertas em breve!

Fique ligado no nosso site e redes sociais, pois divulgaremos mais informações nas próximas semanas.

Website: sites.google.com/view/musicaprimeirainfanciaufmg

Instagram: @musicalizacaoufmg

E-mail: musicaprimeirainfanciaufmg@gmail.com

 

Foi realizado o XII Encontro Ampliado do Fórum Mineiro de Educação Infantil, em 2020, que aconteceria presencialmente na cidade de Lavras/MG e aconteceu durante os meses de junho a outubro de 2020, em formato virtual. Como de praxe, foi elaborada por uma comissão de integrantes do FMEI a ‘Carta de Lavras’ intitulada: Pacto pela Educação Infantil em Minas Gerais durante e após a pandemia.  A Carta foi aprovada em reunião do Colegiado do FMEI.

FÓRUM MINEIRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL - CARTA DE LAVRAS

PACTO PELA EDUCAÇÃO INFANTIL EM MINAS GERAIS DURANTE E APÓS A PANDEMIA

Durante os meses de junho a outubro de 2020, realizou-se o XII Encontro Ampliado do Fórum Mineiro de Educação Infantil (FMEI). Em razão da pandemia da COVID-19, o evento que seria realizado na cidade de Lavras teve sua edição totalmente online. Coordenado pelo Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil, em parceria com a Universidade Federal de Lavras, foram realizados sete encontros quinzenais, sob responsabilidade dos fóruns regionais vinculados ao FMEI. Participaram professoras/es da Educação Infantil, pesquisadoras/es, dirigentes e gestoras/es públicas/os, ativistas de diversos movimentos sociais de municípios mineiros e de outros estados do país, que reafirmaram uma pauta de mobilização em defesa do direito das crianças de 0 a 5 anos e 11 meses à Educação Infantil com qualidade social, em Minas Gerais. O XII Encontro também configurou como parte de curso de extensão para professoras/es ofertado pela Universidade Federal de Lavras.  

Consideramos que o avanço da pandemia da COVID-19 em todo o país, associado à ascensão da onda conservadora que se instaurou no Brasil a partir de 2016, tem ocasionado a desconstrução dos direitos sociais e das políticas de Educação Infantil formuladas desde os anos de 1980, com a participação da sociedade organizada. O atual contexto é marcado pela perda da autonomia docente e pelo desrespeito aos direitos das crianças à pluralidade de concepções, à diversidade cultural, afrontando, assim, a Constituição Federal.

Diante deste cenário que se agrava no Brasil e considerando o papel da instância municipal na oferta da Educação Infantil, é fundamental mobilizar e conclamar as autoridades educacionais; movimentos sociais, universidades, prefeitos/as, vereadores/as, profissionais e sociedade civil para que se empenhem na valorização da Educação Infantil como política pública da mais alta relevância, compreendendo-a em seu caráter intersetorial, multidimensional, e comprometendo-se a:

  1. Implementar o Plano Municipal de Educação (PME), cumprindo as metas e estratégias estipuladas pelo Plano Nacional de Educação. O PME deve prever formas de monitoramento e controle social, garantindo que pelo menos 50% da população de até três anos de idade tenha acesso à creche até o final da vigência do Plano e que todas as crianças de quatro e de cinco anos tenham acesso imediato à pré-escola, o que poderá exigir estratégias de busca ativa de crianças de famílias, geralmente as mais vulneráveis, que por algum motivo não têm acesso aos mecanismos de matrícula;
  2. Garantir aplicação, na própria Educação Infantil, dos recursos recebidos do FUNDEB repassados com base nas matrículas em creches e em pré-escolas públicas, exclusivamente no atendimento da Educação Infantil – ou seja, recursos da Educação Infantil na Educação Infantil, de modo a possibilitar a expansão do atendimento, em condições de qualidade e equidade;
  3. Garantir o monitoramento das condições da oferta educacional das instituições conveniadas existentes;
  4. Planejar a expansão da oferta, de forma que a ampliação do atendimento de zero a seis anos incompletos se dê preferencialmente por meio de vagas em instituições públicas;
  5. Assegurar planejamento e financiamento adequados para a oferta de Educação Infantil em condições de segurança e qualidade, de acordo com a situação local dos efeitos da pandemia da COVID-19 e em atenção aos protocolos dos órgãos de saúde, tendo como fundamentos os direitos das crianças, de suas famílias e das/os profissionais, inclusive o direito à participação nas decisões, o que exigirá formulação e gestão intersetorial envolvendo, especialmente as áreas da educação, saúde e assistência social;
  6. Constituir Comitê Municipal Intersetorial composto por representantes das áreas da saúde, cultura, assistência social, direitos humanos, coordenado pela Educação, com competência de ampliar a integralidade da proteção social para a população até os seis anos de idade para que sejam implantadas políticas articuladas intersetorialmente, com efetivos mecanismos de financiamento e gestão, que garantam educação, saúde, proteção, assistência, bem estar, acesso à cultura e demais direitos a todos os bebês e crianças de até seis anos de idade, faixa etária que apresenta acentuada vulnerabilidade social;
  7. Implantar o Pacto Municipal pela Qualidade na Educação Infantil por meio de políticas de formação e de valorização das/os profissionais de creches e pré-escolas, formuladas e executadas com a participação dessas/es profissionais, estabelecendo parcerias com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação - Undime, Instituições de formação de professoras/es (Universidades e Centros de Formação) em âmbito federal, estadual e municipal.
  8. Reconhecer o Fórum Mineiro de Educação Infantil, bem como o Fórum de Educação Infantil do município, região ou território como principal interlocutor na formulação e gestão da política municipal de Educação Infantil.

As/os integrantes do FMEI e demais participantes deste XII Encontro Ampliado se empenharão a fazer chegar esta Carta às/aos representantes da governança das cidades mineiras, evidenciando as prioridades acima mencionadas, ampliando diálogo democrático e fortalecendo a interlocução com os fóruns em defesa da educação das crianças de zero a seis anos, visando o avanço das políticas públicas para a Educação Infantil no Estado de Minas Gerais.

Lavras, fevereiro de 2021

Fórum Mineiro de Educação Infantil

Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil

Fórum de Educação Infantil da Zona da Mata

Fórum de Educação Infantil da Região do Alto do Jequitinhonha

Fórum de Educação Infantil do Mucuri e Jequitinhonha

Fórum Metropolitano de Educação Infantil

Fórum de Educação Infantil de Belo Horizonte


Pessoas queridas, olá!  Convidamos vocês a estarem conosco no Ciclo de Debates Virtuais do MIEIB.

O Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil (MIEIB), realizará um Ciclo de Debates trazendo discussões

pertinentes ao universo da Educação Infantil que tanto está nos provocando a pensar, agir e decidir nesses tempos.       

No dia 25 de Fevereiro - 19h - será a vez da mediação do Fórum Mineiro de Educação Infanitl - FMEI - com a professora

Rita Coelho, tendo como convidadas profissionais que trabalham com bebês e crianças pequenas.

Tema: O Retorno do Atendimento Presencial de Bebês e Crianças Pequenas na Educação Infantil: Desafios e Possibilidades.

Será pelo Canal do MIEIB no Youtube

 

Olá pessoas queridas. Compartilhamos mais uma ação do MIEIB - Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil. Uma 'live' que, seguramente, irá ampliar nossos conhecimentos e caminhos na Educação Infantil. Imperdível estas duas feras:Rita Coelho e Lica Barbosa.    

Prezadas companheiras e prezados companheiros do MIEIB!

Esperamos encontrá-las/los bem.

O Ciclo de Debates Virtuais do MIEIB teve origem no último trimestre do ano de 2020 a partir das discussões que se colocavam no Movimento acerca do retorno ao atendimento na educação no contexto da Pandemia da COVID-19, tendo por princípios a defesa à vida e das especificidades da educação infantil.

Para tanto, foi constituído um Grupo de Trabalho (GT) com representantes do Comitê Diretivo e de vários Fóruns de Educação Infantil da maior parte das regiões do Brasil, com a tarefa de subsidiar os fóruns na promoção do debate público sobre os limites e as possibilidades da retomada das experiências interativas no contexto da Educação Infantil. Foram realizadas Lives nacionais, em vários estados e no Distrito Federal, o que resultou em uma sistematização dos principais aspectos que envolvem a temática.

Desse modo, é com satisfação que o Comitê Diretivo e o GT responsável pela organização do Ciclo de debates do MIEIB, convida a todas e todos a participar da Live com o tema: "Retomada das experiências interativas no contexto da educação infantil: diretrizes para a construção do debate público"

• Data: 05 de maio de 2021

• Horário: 18h

• Canal do Mieib no YouTube

• Convidadas: Rita de Cássia de Freitas Coelho (Fórum Mineiro de Educação Infantil - FMEI) e Maria Carmen Silveira Barbosa (Fórum Gaúcho de Educação Infantil - FGEI)

Solicitamos a definição de representantes dos Fóruns para participação, assim como, ampla divulgação a toda a militância para que o debate se fortaleça ainda mais nas diferentes realidades em defesa do direito à vida.

Cordialmente,

Comitê Diretivo do MIEIB - 2018-2021                     

GT Ciclo de Debates Virtuais

 

 https://youtu.be/gB3Qxk6G_lA

O Fórum Permanente de Educação e Desenvolvimento Infantil  do Espírito Santo, convida para o ciclo de debates FOPEIES/MIEIB com o seguinte tema:

"Os desafios da Educação Infantil em tempos de pandemia: um diálogo entre saúde e educação".

Dia: 20/05/2021

Horário: 09 horas

Esperamos vocês